Vamos te contar tudo sobre o Scrum e as metodologias ágeis

Vamos te contar tudo sobre o Scrum e as metodologias ágeis

Publicado por nome do autor em data do post

Olá! Tudo bem com vocês?

Vamos começar uma nova jornada de aprendizado pelo mundo ágil. Descobriremos juntos o que é essa tal metodologia e quais são os frameworks que iremos utilizar para pôr em prática!

Estão prontos? Então, vamos lá!

O que é Metodologia Ágil?

É uma forma de acelerar as entregas durante o desenvolvimento de um projeto. O ágil fraciona o todo em entregas incrementais, trabalhando em times auto-gerenciáveis e fazendo uso da inteligência coletiva para atingir uma meta estabelecida a cada fase.

Atualmente, o principal framework utilizado para se trabalhar com Ágil no mundo, é o Scrum. E é sobre ele que iremos nos aprofundar aqui!

Mas antes de falarmos sobre o Scrum, é necessário que você entenda o conceito de Framework. 

Framework (em um contexto geral) é um conjunto de técnicas, ferramentas ou conceitos pré-definidos usados para resolver um problema do projeto.

Assim, o Framework tem como principal objetivo resolver problemas recorrentes com uma abordagem genérica, permitindo ao desenvolvedor focar seus esforços na resolução do problema em si, e não ficar reescrevendo o software.

Você pode se perguntar, então, se Framework é uma biblioteca. Bem, quase isso. Pode-se dizer que é um conjunto de bibliotecas ou componentes que são usados para criar uma base onde sua aplicação será construída.

Bacana, não é?

Agora que já sabemos o que é um Framework, vamos aprender sobre Scrum!

O Scrum é um framework leve, feito para ajudar pessoas, times e organizações a gerar valor através de soluções adaptativas para problemas complexos.

E para atuar com problemas complexos, difíceis de se resolverem, é necessário possuir certos valores – e o Scrum possui 5:

Comprometimento; Foco; Abertura; Respeito e Coragem.

O uso do Scrum só será bem sucedido se as pessoas do time fizerem uso e se tornarem proficientes em viver estes valores. Certo, mas quem são as pessoas desse time?

O time Scrum é formado por 3 personas:

  • Product Owner
    Mais conhecido como “Dono do Produto”, é responsável por maximizar o valor do produto resultante do trabalho do Time Scrum.

O Dono do produto é também responsável pela gestão efetiva do Backlog do Produto.

  • Time Dev
    Os Desenvolvedores são as pessoas no Time Scrum que são comprometidas com a criação de todos os aspectos de um incremento utilizável a cada Sprint.

As habilidades necessárias pelos Desenvolvedores são geralmente amplas e irão variar de acordo com o domínio do trabalho

  • Scrum Master
    O Scrum Master é responsável por estabelecer o Scrum conforme definido no Guia do Scrum. Eles fazem isso ao ajudar todos a entenderem a teoria e a prática do Scrum, tanto dentro do Time Scrum quanto em toda a organização.

Agora que já conhecemos como é composto um time Scrum, vamos conhecer os seus 5 eventos:

  • Sprint
  • Planejamento da Sprint
  • Scrum Diário (Daily)
  • Revisão da Sprint
  • Retrospectiva da Sprint

A Sprint:

Sprints atuam como os batimentos cardíacos do Scrum, onde ideias são transformadas em valor. Elas são eventos com duração fixa de um mês ou menos, para criar consistência. Uma nova sprint começa imediatamente após a conclusão da Sprint anterior.

Durante a Sprint:

  • Não são feitas mudanças que coloquem o Objetivo da Sprint em risco;
  • A qualidade não diminui;
  • O Backlog do Produto é refinado conforme necessário, e;
  • O escopo pode ser esclarecido e renegociado com o Dono do Produto conforme mais é aprendido;

Planejamento da Sprint:

O Dono do Produto garante que os participantes estejam preparados para discutir os Itens do Backlog mais importantes e como eles se conectam ao Objetivo do Produto. O Time Scrum pode também convidar outras pessoas para estarem presentes no Planejamento da Sprint e fornecerem conselhos.

O Planejamento da Sprint endereça os seguintes tópicos

  1. Tópico um: Por que esta Sprint é valiosa?
  2. Tópico dois: O que pode ficar pronto nesta Sprint?
  3. Tópico três: Como o trabalho selecionado ficará pronto?

Scrum Diário (Daily):

O propósito do Scrum Diário, mais conhecido como Daily, é inspecionar o progresso em direção ao Objetivo da Sprint e adaptar o Backlog da Sprint conforme necessário, ajustando o trabalho planejado que está por vir.

O Scrum Diário é um evento de 15 minutos para os Desenvolvedores do Time Scrum. Para reduzir a complexidade ele é feito no mesmo horário e local em todos os dias de trabalho da Sprint.

A melhor prática é realizada com 3 perguntas chave, onde cada integrante do time responde respectivamente:

  1. O que eu fiz ontem?
  2. O que eu farei hoje?
  3. Existe algo que possa impactar o trabalho?

Após responderem essas perguntas, se necessário, é traçada uma nova estratégia para atuarem com as atividades da respectiva Sprint.

Revisão da Sprint:

O Propósito da Revisão da Sprint é inspecionar as entregas da Sprint e determinar futuras adaptações. O Time Scrum apresenta os resultados do seu trabalho para Partes Interessadas chave e o progresso do Objetivo do Produto é Discutido.

A Revisão da Sprint é o penúltimo evento da Sprint e tem um time box de no máximo quatro horas para uma Sprint de um mês. Para Sprints menores a duração é geralmente menor.

Retrospectiva da Sprint:

O propósito da Retrospectiva da Sprint é planejar formas de melhorar a qualidade e a efetividade.

O Time Scrum identifica as mudanças mais úteis para melhorar sua efetividade. As melhorias de maior impacto são endereçadas o quanto antes. Inclusive, elas podem ser adicionadas ao Backlog da Sprint da próxima Sprint.

A Retrospectiva da Sprint conclui a Sprint. Ela possui um time box de no máximo três horas para uma sprint de um mês. Para Sprints mais curtas, o evento é geralmente menor.

Os 3 Artefatos Scrum

Os artefatos do Scrum representam trabalho ou valor. Eles são desenhados para maximizar a transparência de informações chave e, portanto, todos que os inspecionam possuem as mesmas bases para adaptação.

Cada artefato possui um Compromisso para garantir o fornecimento de informações que melhorem a transparência e o foco, de forma que o progresso possa ser medido:

  • Para o Backlog do Produto é o Objetivo do Produto;
  • Para o Backlog da Sprint é o Objetivo da Sprint;
  • Para o Incremento é a Definição de Pronto;

Estes compromissos existem para reforçar o Empirismo e os Valores do Scrum para o Time Scrum e suas partes interessadas

Backlog do Produto é uma lista emergente e ordenada do que é necessário para melhorar o produto. Ela é a única fonte do trabalho a ser realizado pelo Time Scrum.

Backlog da Sprint é composto pelo Objetivo da Sprint (porque), o conjunto de itens do Backlog do Produto selecionados para a Sprint (o que), bem como um plano factível para entregar o Incremento (como).

Um incremento é um passo em direção ao Objetivo do Produto. Cada incremento é a soma de um novo incremento a todos os Incrementos anteriores completamente verificados, garantido assim que todos os incrementos funcionem juntos. Para entregar valor o Incremento precisa ser utilizável.

Definição de Pronto é uma descrição formal do estado de um Incremento quando ele atinge os requisitos de qualidade para o produto.

Assim que um item do Backlog do Produto atende a Definição de Pronto, um incremento nasce.

Resumindo…

O Scrum é livre.

O Framework do Scrum é imutável, embora seja possível implementar somente partes do Scrum, o resultado não é Scrum.

O Scrum existe somente em sua totalidade e funciona bem como um container para outras técnicas, metodologias e práticas.

Essa foi nossa jornada pelo mundo das metodologias ágeis e do scrum!

Edson Ferreira

Scrum Master | Equipe de Entregas

Feras no assunto

Quando se trata de nuvens Salesforce, somos especialistas em conectar estratégia e agilidade em um só projeto.

Fale com um especialista