O que são as metodologias ágeis e será que elas são para meu negócio?

O que são as metodologias ágeis e será que elas são para meu negócio?

Publicado por nome do autor em data do post

Levantar e analisar requisitos, desenhar a arquitetura do software, implementá-lo, fazer testes, produzi-los e fazer manutenção. Esse era o processo formal que os desenvolvedores de software utilizavam, até que eles propuseram as metodologias ágeis. Afinal, porque se manter em um processo em que os clientes não podem contar com uma entrega na velocidade que necessitam?

Gerenciar projetos de desenvolvimento de software em uma estrutura rígida não era eficiente. Por isso, em 2001, um grupo de programadores lançou o chamado Manifesto Ágil com uma metodologia para satisfazer os clientes com entregas rápidas

Ele foi a semente das metodologias ágeis que conhecemos atualmente. Conheça um pouco mais sobre elas!

O que são as metodologias ágeis?

Metodologias ágeis são métodos que propõem alternativas à gestão de projetos tradicional. O objetivo delas é aprimorar o processo de desenvolvimento de um serviço ou produto, fazendo entregas com rapidez e com maior frequência de acordo com as necessidades do cliente.

Em outras palavras, é uma abordagem inovadora de gestão de projetos que consegue ser mais eficiente, adaptável às mudanças, com fluxos de trabalho agilizados e capaz de incrementar interações. 

Isso porque são metodologias estruturadas em ciclos curtos, que apresentam uma entrega de valor específica ao final de cada etapa. Com o fim do projeto, essas pequenas entregas formam o resultado final, o total de um objetivo pré-determinado.

Para que as metodologias ágeis dêem certo, a condução do projeto é feita por uma equipe pequena, autogerenciável e multidisciplinar. E quais são os frameworks ou metodologias ágeis? Veja a seguir algumas delas:

  • Dynamic Systems Development Method (DSDM);

  • Adaptative Software Development (ASD);

  • Microsoft Solutions Framework (MSF);

  • Feature Driven-Development (FDD);

  • Test Driven Development (TDD);

  • Scaled Agile Framework (SAFe);

  • eXtreme Programming (XP);

  • Kanban;

  • Scrum.

As metodologias ágeis podem ser aplicadas a qualquer negócio?

Os desenvolvedores de software deram início às metodologias ágeis, mas isso não quer dizer que elas se restringem às empresas de tecnologia. De fato, são muito comuns nessas organizações, mas as técnicas e as filosofias ágeis são aplicadas em empresas de diversas áreas. E é exatamente por isso que falamos em “frameworks” ágeis, que são subtipos de gestão ágil com peculiaridades de um negócio.

Em outras palavras, essas ferramentas têm como base os princípios ágeis, podem ser implantados em empresas e times que querem incorporar as metodologias ágeis em seu dia a dia. O que é preciso fazer, porém, é adaptar os princípios e as regras dos frameworks à realidade de cada área ou organização. 

Desde que os preceitos de facilitar e agilizar os processos e as entregas da equipe se mantenham, as metodologias ágeis são bem-vindas em qualquer atividade econômica.

Vamos a um exemplo prático. Imagine que você é o(a) gestor(a) de uma empresa inovadora que trabalha especificamente com um produto. Uma das metodologias ágeis que você pode adotar nas equipes é o Scrum. 

Essa metodologia possui o scrum team, formado pelo product owner (gerencia o backlog do produto – conjunto de funcionalidades e características do produto – e representa o cliente), pelo scrum master (é um facilitador que dissemina o scrum pela organização) e o development team (equipe de desenvolvedores do produto).

Ela também se baseia em sprints (ciclos curtos que realizam uma entrega), onde cada um sabe exatamente o que fazer para contribuir para a entrega de valor no prazo determinado. Há reuniões de planejamento, alinhamento (reunião diária e bem curta), revisão e retrospectiva, que garantem que tudo é feito conforme as necessidades do cliente e avaliam o que precisa ser melhorado.

Perceba que essa é uma metodologia de gerenciamento de projetos eficaz, porque tudo está muito bem desenhado. É ágil e transparente, e o cliente pode acompanhar o desenvolvimento e as entregas do produto.

É exatamente a estratégia que a Sottelli utiliza em seus projetos de implementação do ecossistema Salesforce.

Quais os benefícios elas podem trazer para o meu negócio?

Após compreender como as metodologias ágeis funcionam, vamos destrinchar seus benefícios para um negócio.

Colaboração e comunicação eficazes

Equipes multidisciplinares e pequenas que trabalham em conjunto na busca de soluções para o cliente. Essas são as equipes que utilizam metodologias ágeis. Suas características facilitam a interação dentro da empresa, o que ajuda a criar um ambiente motivador e colaborativo. A proximidade da equipe é uma necessidade, e isso facilita o relacionamento no dia a dia.

Essa interação também diz respeito ao envolvimento do cliente. Como citamos no exemplo, o cliente participa de reuniões e recebe pequenas entregas de valor na execução do projeto. É, por isso, encarado como um parceiro do time, e não somente um cliente que terá em mãos um produto ou serviço final.

Intimamente ligada à colaboração, as metodologias ágeis também se baseiam em uma comunicação efetiva entre as partes interessadas no projeto. Preferencialmente, essa comunicação se dá presencialmente, pois a presença física contribui para uma melhor interpretação do assunto, evitando ambiguidades que podem comprometer o projeto.

Um ponto interessante é que as metodologias ágeis trabalham com ferramentas bastante visuais, como painéis, kanban e dashboard. Eles dão maior visibilidade a qualquer profissional e também ao cliente sobre a situação do projeto, seus riscos e desvios.

Assertividade na entrega de valor

As metodologias ágeis têm como foco a entrega de valor agregado para o cliente do projeto em cada etapa concluída. Há, assim, uma validação mais rápida das entregas. Isso se dá porque, como acabamos de pontuar, o cliente é envolvido várias vezes na construção do projeto. 

Dessa forma, como as partes do projeto estão alinhadas às expectativas do cliente, que oferece constante feedback, o resultado final é muito mais satisfatório e assertivo. 

Flexibilidade

Uma boa característica das metodologias ágeis é a flexibilidade do projeto. No início do texto, falamos sobre os processos rígidos que levaram ao manifesto ágil dos desenvolvedores de software. E a flexibilidade é exatamente a proposta central. Seguir um planejamento previamente elaborado à risca trava muitas entregas.

Mas as metodologias ágeis têm mais flexibilidade às mudanças, porque as consideram parte constante do gerenciamento do projeto e da entrega de valor.

Simplicidade

Você já parou para analisar o volume de documentação gerada em um simples projeto gerenciado por metodologias antigas e preditivas? Por ter um planejamento muito rígido e antecipação de trabalho, essas metodologias acabam por deixar o processo mais complexo.

As metodologias ágeis mudam o foco para o backlog e as entregas pendentes do projeto. É uma maneira de simplificar o gerenciamento.

O gestor de negócios, seja qual for seu ramo, deve pensar nas metodologias ágeis como grandes aliadas da empresa. Elas se baseiam em eficiência e entrega com agilidade e trazem outros benefícios para sua organização.

Ficou interessado em saber mais sobre as metodologias ágeis? Veja um pouco mais sobre o funcionamento do Scrum!

Feras no assunto

Quando se trata de nuvens Salesforce, somos especialistas em conectar estratégia e agilidade em um só projeto.

Fale com um especialista